full screen background image

Cirurgia de Neymar é bem-sucedida e craque pode voltar em seis semanas

Após ser operado neste sábado (3/3) em Belo Horizonte, o atacante Neymar passará por uma avaliação de sua condição física em seis semanas. Foi o que o Paris Saint-Germain e a CBF revelaram em comunicado oficial divulgado horas após a realização de cirurgia devido a uma fratura no quinto metatarso do pé direito. “Um balanço será realizado em torno de seis semanas, a fim de precisar a data possível de retorno das atividades de treinamento”, anunciaram.
De acordo com o comunicado, a cirurgia no hospital Mater Dei teve êxito. A nota também explicou como se deu o procedimento cirúrgico, liderada pelo médico Rodrigo Lasmar, da seleção brasileira de futebol. “Ela consistiu na colocação de um parafuso associado a um enxerto ósseo colocado ao nível da lesão do quinto metatarso direito”, acrescenta.
Neymar deve receber alta hospitalar neste domingo (4). Depois, iniciará o processo de recuperação sob supervisão do Paris Saint-Germain. “A reabilitação pós-operatório começará imediatamente, com acompanhamento do fisioterapeuta do PSG”.

De Belo Horizonte, Neymar vai seguir para Mangaratiba, no litoral fluminense, onde iniciará o processo de reabilitação. O craque do Paris Saint-Germain conta com sua própria “comissão técnica”, o preparador físico Ricardo Rosa e o fisioterapeuta Ricardo Martini, que o acompanham desde a época que ele atuava no Santos.

O jogador deverá permanecer na sua residência nas próximas semanas, até ser liberado para realizar trabalhos em que poderá colocar o pé direito no chão. Isso deverá durar por ao menos 20 dias, com o atleta ficando principalmente em repouso, com movimentação limitada. Isso é necessário para que a fratura no quinto metatarso do pé direito tenha uma ótima cicatrização.

O camisa 10 do PSG se lesionou no último domingo, durante a vitória do PSG sobre o Olympique de Marselha. A previsão feita por Lasmar, antes da operação, era de que ele ficaria até três semanas sem jogar. Mas, segundo o comunicado oficial, a condição física do atacante e o estágio da recuperação ficarão mais claros em seis semanas. (Com informações da Agência Estado)

Seja o primeiro a comentar.

Comentários




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *