full screen background image

Kendall Jenner desbanca Gisele e agora é a modelo mais bem paga do mundo

Temos uma nova rainha da moda, é isso produção?

De acordo com a Forbes, Kendall Jenner acaba de desbancar Gisele Bündchen e se tornar a modelo mais bem paga do mundo.

Segundo a matéria, neste ano, a irmã de Kim conseguiu faturar US$ 22 milhões, enquanto Gisele obteve “apenas” US$ 17,5 milhões em lucros.

Kendall conseguiu chegar a essa marca através de contratos com várias marcas famosas como Adidas, Estée Lauder, La Perla e também, do reality da família, “Keeping up with the Kardashians”.

Gisele, que atualmente está aposentada, ocupou o posto de modelo mais bem paga durante 15 anos consecutivos porém, seu faturamento registrou uma queda de 43% em relação ao ano passado.

Dá uma olhada na lista completa:

1. Kendall Jenner (US$ 22 milhões);

2. Gisele Bündchen (US$ 17,5 milhões);

3. Chrissy Teigen (US$ 13,5 milhões);

4. Adriana Lima (US$ 10,5 milhoes);

5. Gigi Hadid (US$ 9, 5 milhões);

5. Rosie Huntington-Whiteley (US$ 9,5 milhões)

7. Karlie Kloss (US$ 9 milhões);

8. Liu Wen (US$ 6,5 milhões);

9. Bella Hadid (US$ 6 milhões);

10. Ashley Graham (US$ 5,5 milhões).

Raissa sobre colocação no Miss Universo: ‘Peço desculpas se falhei’

Representante do Brasil no Miss Universo, disputado no último fim de semana, Raissa Santana fez um post no Instagram, nesta terça-feira (31), no qual se desculpou com aos fãs que ficaram frustrados por ela não ter sido a campeã do concurso, mas se disse orgulhosa com o desempenho que teve. “Peço desculpas se falhei com vocês em alguns momentos”, afirmou. “Quero que saibam que me doei de corpo e alma, e o meu coração chorou muito quando não ouvi o nome do nosso país, mas ao mesmo tempo se encheu de orgulho pelo que fiz, do meu trabalho, do meu esforço, por ter ultrapassado barreiras que nunca imaginei ultrapassar”, acrescentou. No concurso realizado neste domingo (29), nas Filipinas, ela havia sido eliminada na seleção do Top 9 durante a competição. Antes, a brasileira era uma das mais cotadas para figurar entre as três finalistas por diversos especialistas, mas acabou ficando entre as 13 primeiras. Estudante de marketing, Raissa tem 21 anos e foi a primeira negra a representar o Brasil na competição em três décadas, sucedendo a gaúcha Deise Nunes, que levou o título nacional em 1986. “Quando paro para pensar no quanto eu já conquistei, em na benção que Deus me deu, de tanto amor e carinho que recebi de todos vocês, posso dizer que sou uma pessoa privilegiada”, declarou. “Sei que todos sonhavam com a coroa, eu também sonhei, eu também acreditei. Mas sempre respeitei o sonho de cada menina que estava aqui dentro. Agora, quero retornar para concluir os meu compromissos como Miss Brasil e continuar perseguindo meus sonhos”, completou.

CLOSE
CLOSE