full screen background image

Record contrata mais um ex-global para novela de Fridman

Imagem relacionada

Em um momento conturbado em sua teledramaturgia, a Record continua investindo em ex-atores da Globo para as suas próximas telenovelas. Em Rosa Choque, que será escrita por Cristianne Fridman, a emissora continua investindo na estratégia. O novo contratado do canal para fazer o folhetim é um nome já conhecido de algumas produções globais: o ator Daniel Blanco. Irmão da ex-Rebelde Lua Blanco (hoje na Globo), Daniel fichou conhecido por seu papel e Malhação e depois disso atuou em Totalmente Demais.

Rosa Choque promete ser uma nova “fase” na teledramaturgia da Record, um recomeço. O canal não investia em novelas contemporâneas não bíblicas desde 2014, quando foi ao ar Vitória, da mesma autora.

ROSA CHOQUE PODE NÃO CONTAR COM SUPERVISÃO DE CRISTIANE CARDOSO

Não é novidade para ninguém a turbulência em que se encontra a teledramaturgia da Record. Belaventura e Apocalipse, as únicas novelas inéditas do canal, fracassam em audiência, e a emissora é acusada de interferir descaradamente no texto da autora Vivian de Oliveira. Boa parte dessa interferência é atribuída a Cristiane Cardoso. Filha de Edir Macedo, ela vinha se tornando ultimamente a “chefe” das novelas do canal, ditando o que pode e o que não pode ir ao ar.

Com Apocalipse, o dedo de Cristiane parece ter ultrapassado todos os limites. Esse poder da mulher de Renato Cardoso na Record pode estar com os dias contados, ou pelo menos limitado às novelas bíblicas. É que uma foto do roteiro da nova novela da emissora, Rosa Choque, não mostra nos “créditos” o nome da apresentadora do The Love School, como ocorria com Apocalipse, por exemplo.

Resta saber se é algo que efetivamente acontece ou se é apenas “no papel” e Cristiane continua trabalhando nos bastidores.

Cauã Reymond em minissérie causa mal-estar e ator é odiado na Globo

O ator Cauã Reymond provocou um grande mal-estar na Globo ao resolver priorizar o personagem Dante da minissérie Ilha de Ferro. O motivo é que o ator já estava solicitado para vários outros projetos antes desse na casa. No entanto, decidido a se entregar na proposta da série, ambientada em uma plataforma de petróleo, e a trabalhar pela primeira vez com o cineasta Afonso Poyart, Cauã teve que dizer não para vários outros projetos, incluindo os mais insistentes. No entanto, a negativa não foi bem recebida por alguns autores e diretores, como informa o jornalista Flávio Ricco. Ele agora tem inimigos e é odiado na Platinada, e tem até um famoso escritor que não quer vê-lo nem pintado de ouro, nunca mais. As gravações de Ilha de Ferro começaram há alguns dias e vão se estender até o fim de abril. O seu processo de exibição seguirá um novo planejamento traçado pelo Grupo Globo, já que está sendo produzida especialmente para um novo serviço de streaming. Já chamado internamente de “Globoflix”, o projeto será lançado em breve e tem à frente o diretor de Mídias Digitais, Erick Brêtas. Como pode se supor pelo apelido que recebeu, trata-se de um serviço na linha do gigante norte-americano Netflix. Ilha de Ferro contará a história de petroleiros da PLT-137, plataforma de produção de uma companhia de exploração de petróleo fictícia. Mostrará a vida dupla de funcionários cheios de garra e com muitos desafios, unidos por um estilo de vida em comum, imposto por contratos que determinam confinamento a cada 15 dias.

Ator fala sobre a importância da novela Apocalipse na televisão brasileira

Começou na última terça-feira, dia 21 de novembro, a novela Apocalipse. O folhetim está substituindo O Rico e Lázaro no horário nobre da TV Record e promete cenas revolucionárias e cheias de efeitos especiais. O elenco conta com vários atores globais.

O ator Castrinho está no elenco da novela e é um dos poucos que percorrerá as três fases do folhetim da autora Vivian de Oliveira. Cercada de expectativa, a direção da Record espera atingir bons índices de audiência se aproveitando do início de O Outro Lado do Paraíso, da Globo.

“Eu quero falar que a novela é totalmente diferente de tudo aquilo que já foi apresentado. Nesses meus sessenta anos de carreira eu tenho certeza que é totalmente diferente. Vocês não podem perder essa novela, é muito relevante para a história da televisão. Faço parte dela com muita honra”, declarou o ator para a reportagem do programa Balanço Geral SP.

RECORD ACREDITA QUE APOCALIPSE FARÁ O MESMO SUCESSO DE OS DEZ MANDAMENTOS:

A direção da Rede Record ficou animada com a audiência de estreia da novela Apocalipse, substituta de O Rico e Lázaro no horário nobre da emissora paulista. A trama é cercada de expectativas desde antes da estreia, que aconteceu na terça-feira, 21 de novembro.

De acordo com informações do jornalista Fernando Oliveira, a alta cúpula anda apostando que Apocalipse atingirá o mesmo sucesso de Os Dez Mandamentos, quando foi exibida pela primeira vez. As duas novelas são da autora Vivian de Oliveira.

O problema é que os comentários negativos já começaram. Muita gente não gostou dos efeitos especiais na cena do tsunami, exibido no primeiro capítulo. Outros acham que a forma como a novela está mostrando a igreja católica pode prejudicar o bom andamento.

Apocalipse explode na audiência em cidades pelo país; confira os números

A estreia de Apocalipse agradou na Record. O capítulo desta terça-feira (21) explodiu na audiência em algumas cidades do país, como em Vitória, que marcou 19,2 pontos de média, em segundo lugar isolado. Esta foi a melhor estreia desde Os Dez Mandamentos, em 2015.

Em Salvador, a novela registrou média de 17 pontos, na vice-liderança isolada. Em Goiânia, o primeiro capítulo também consolidou o segundo lugar isolado com média de 16,8 pontos e ficou a apenas 1,7 pontos da liderança. Em São Paulo, a audiência foi de 13 pontos de média.

No Rio de Janeiro, a produção registrou altíssimos 16 pontos de média, dois pontos a mais que a estreia de Os Dez Mandamentos. Ela alcançou pico de 17 e share de 23%, enquanto o SBT marcou apenas 8 pontos de média. Em Belo Horizonte também foram 16 pontos de média.

Em Brasília, ela também garantiu a vice-liderança com 13,1 pontos, pico de 15 e share de 18%, contra 12,6 pontos do SBT. Em Porto Alegre, ela fechou com 9 pontos de média. Em Recife, ela fechou com 14 pontos de média e em Florianópolis, marcou média de 7 pontos.

A novela ainda registrou média de 12 pontos em Curitiba. Em São Paulo, a novela foi alcançada por 1,903 milhão de telespectadores, e no Rio de Janeiro, 1,322 milhão de pessoas assistiram, de acordo com os dados consolidados e informações divulgadas pelo portal R7.

Belaventura dispara na audiência com estreia de Apocalipse na Record

A Record estreou, na noite desta terça-feira (21), sua mais nova superprodução, a novela Apocalipse, que entrou no lugar de O Rico e Lázaro na faixa das 20h30. A estreia marcou ótimos índices para a emissora, tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro, e beneficiou Belaventura.

A novela das sete estava enfrentando uma queda para a faixa desde o início, depois que substituiu a reprise de A Escrava Isaura, mas o capítulo de ontem se destacou. De acordo com os dados consolidados, ela fechou com 6.9 pontos de média em São Paulo, em segundo lugar.

No Rio de Janeiro, no entanto, o índice foi ainda maior, 8 pontos de média, também na vice-liderança, superando os resultados dos capítulos anteriores. Ela chegou a 14 de pico e fechou com 12% de participação entre os televisores ligados. Enquanto isso, o SBT marcou apenas 6 pontos.

 ESTREIA DE APOCALIPSE

A estreia da novela Apocalipse fechou na vice-liderança nesta terça-feira (21) e levantou a audiência da Record. Exibido na faixa das 20h50 às 21h44, o primeiro capítulo da trama escrita por Vivian de Oliveira cravou 13,0 pontos de média, 14 de pico e 17% de share.

Com esse desempenho, Apocalipse superou a estreia do sucesso Os Dez Mandamentos, que teve média de 12 pontos de média. O número ainda é três pontos maior do que a Record registrou com O Rico e Lázaro na faixa horária nas últimas quatro semanas, o que representa aumento de 30% nos índices.

No Rio de Janeiro, Apocalipse também superou a marca do primeiro capítulo de Os Dez Mandamentos, que foi de 14 pontos de média. O folhetim da Record alcançou média de 16 pontos, pico de 17 pontos e share de 23%, contra 8 pontos do SBT.

Record investe R$ 2,6 milhões em campanha publicitária para novela Apocalipse no Rio

A Record investiu pesado na divulgação de Apocalipse, sua próxima novela bíblica, no Rio de Janeiro. A trama, que estreia na próxima terça-feira (21), contou com investimento de R$ 2,6 milhões em campanha publicitária.

“O fim está próximo: quem vai se salvar?” Com esta pergunta provocativa espalhada pela cidade do Rio em placas, a Record Rio despertou a curiosidade na população da capital carioca que, nas redes sociais e impulsionada por influenciadores digitais, foi impactada através de vários formatos realizados pela emissora para instigar o público sobre o folhetim de Vivian de Oliveira. Espalhada por outdoors e cartazes pela cidade desde o dia 06 de Novembro, a fase teaser da campanha de lançamento da novela Apocalipse mobilizou ainda atores espalhados por pontos específicos da cidade. Estes atores, vestidos de “profetas de rua”, andavam com cartazes anunciando o fim do mundo e repetindo a mesma frase: “o fim está próximo: quem vai se salvar?” A ação foi também repercutida de forma ativa para redes sociais.

Ainda na fase teaser, uma outra ação, com objetivo de viralização nas redes, gerou muita curiosidade dos cariocas. Nas praias de Botafogo, Barra da Tijuca e São Conrado foram desenhados sinais “estranhos” na areia a partir de um elemento gráfico da logomarca da novela.

A fase teaser e o planejamento de mídia de todas as fases foram desenvolvidos pela agência Binder. “O Apocalipse mexe com o imaginário popular. Procuramos provocar os cariocas com uma campanha que gera reflexão sobre o tema” afirma Marcos Apóstolo, diretor de criação da agência.

A campanha de lançamento entrou no ar no dia 13 de novembro, substituindo a fase teaser, com presença em revista, busdoor, outdoor, taxidoor, mobiliário urbano, empenas, painel, metrô, supervia, VLT, cinema, rádio e TV. “Nossa ideia é marcar a cidade com o Apocalipse”, diz Thomaz Naves, Diretor Comercial e de Marketing da emissora. “A partir de uma identidade visual criada pela Record TV em São Paulo, adaptamos todas as peças para a mídia planejada para o lançamento da novela”, explica Naves.

Naves diz ainda que a nova novela é um produto novo dentro da emissora, gerada com efeitos visuais especiais, texturas e tratamento gráfico similar a das séries norteamericanas: “estamos com um produto excepcional e que poderá significar uma mudança na nossa teledramaturgia”, diz Naves, que comemora o bom momento vivido pela emissora no Rio de Janeiro.

A novela Apocalipse estreia na próxima terça-feira, dia 21, às 20h30. A nova trama da Record, de autoria de Vivian de Oliveira e direção de Edson Spinello, contará uma emocionante história que mistura amor, mistério e redenção ao retratar um dos enredos mais polêmicos da Bíblia: o fim dos tempos.

Saiba quando estreia “Rosa Choque”, próxima novela das sete da Record

A direção da Record está animada com a sua teledramaturgia. Apesar de atingir baixos índices de audiência em São Paulo com as atuais tramas inéditas, “Belaventura” e “O Rico e Lázaro”, os executivos do canal estão animados com os próximos folhetins, “Rosa Choque” e “Apocalipse”. De acordo com informações do jornalista Ricardo Feltrin, “Rosa Choque”, próxima na faixa das 19h, ganhou data de estreia na emissora. Deve estrear na primeira quinzena de fevereiro, lá pelo dia 13. Vai ao ar depois da exibição do telejornal local.

Da autora Cristianne Fridman, a substituta de “Belaventura” tem no elenco: Rhaissa Batista, Zeca Carvalho, Drico Lopes, Graziella Shimit, Lara Lazzaretti, Daniel Zettel, Bianca Byington, José Rubens Chachá, Tadeu Aguiar, Bruno Peixoto, Guilherme Winter, Camila Rodrigues, Aninha Lima  e Claudia Mello.

PROTAGONISTAS DE ROSA CHOQUE:

Após várias indecisões, a direção da Record finalmente definiu o trio de protagonistas de sua próxima novela das sete, que só estreia no ano que vem. Ainda com o título provisório de “Rosa Choque”, a trama vai contar com Dudu Azevedo como protagonista. De acordo com informações da jornalista Keila Jimenez, faltava decidir quem seria a mocinha e quem ficaria com o papel de vilão da trama. Guilherme Winter, que pediu para sair de “Apocalipse”, será o coisa ruim da novela substituta de “Belaventura”. Camila Rodrigues, que brilhou em “Os Dez Mandamentos”, será Sophia. A personagem da moça vai ser um jovem bem feminista, mas que acaba se apaixonando por Antônio (Dudu Azevedo), que também tem o seu lado machista. A trama será uma comédia romântica.

“Apocalipse” apresentará visual diferenciado na RecordTV

A RecordTV pretende inovar em relação a sua próxima novela bíblica, “Apocalipse”. A trama, que substituirá “O Rico e Lázaro” no horário, terá um visual diferenciado. Segundo informações do jornalista Flávio Ricco, a trama terá uma proposta muito próxima de seriados e uma equipe de coloristas já trabalha nisso. A estreia está anunciada para o dia 21 de novembro, uma terça-feira.  Vale dizer que uma equipe, com cerca de 30 pessoas, iniciará nesta segunda-feira (06) as gravações das cenas externas da nova novela nos Estados Unidos. A nova trama da emissora, de autoria de Vivian de Oliveira e direção de Edson Spinello, contará uma emocionante história que mistura amor, mistério e redenção ao retratar um dos enredos mais polêmicos da Bíblia: o fim dos tempos.

No elenco estão nomes como Sergio Marone, Igor Rickli, Emílio Orciollo Neto, Flávia Monteiro, Flávio Galvão, Henri Pagnoncelli, Jandir Ferrari, Jayme Periard, Joana Fomm, Jonatas Faro, Juliana Silveira, Junno Andrade, Jussara Freire, Mônica Torres, Selma Egrei, Juliana Knust, Eduardo Galvão, entre outros.

Assinada por Vivian de Oliveira, autora do sucesso “Os Dez Mandamentos”, “Apocalipse” terá início na Nova Iorque da década de 1980, mas contará várias fases e passagem de tempo de vinte anos. As primeiras chamadas da produção já estão no ar.

CLOSE
CLOSE